Life Hacks

Queres ser mais feliz? Escolhe os Hobbies certos!

Redatora com Futuro
18 Abril 2020

Com o stress das aulas e do trabalho, e acrescentando o isolamento social que vivemos agora, a procura pela felicidade acaba por ficar fechada numa gaveta, o que nos torna pessoas mais deprimidas e stressadas.

Assim, torna-se muito importante arranjarmos um hobby que estimule a nossa criatividade e, consequentemente, felicidade.

Segundo algumas pesquisas, hobbies criativos têm a capacidade de melhorar os nossos estados mentais e, assim, cabe a cada um de nós guardarmos um pouco do nosso tempo, todos os dias (bem, quase todos), para que nos possamos divertir um pouco e libertar a nossa criatividade.

 

  • Fotografia

A fotografia é um hobby que qualquer pessoa pode praticar. Ao contrário da maioria das ocupações criativas, que nos obrigam a criar algo do nada, a fotografia coloca-nos a capturar a beleza que existe ao nosso redor.

Para além de te treinar para veres as coisas de várias perspetivas (algo bastante útil a longo prazo), faz também com que tomes atenção a coisas que, a maioria das vezes, acabas por ignorar.

 

  • Jardinagem

Depois de 8 a 10 horas fechado numa sala ou escritório, a nossa ligação com a terra diminui significativamente.

Segundo um estudo realizado na Holanda, as pessoas que após uma tarefa stressante se dedicam à terra ou ao seu jardim, apresentam níveis mais baixos da hormona do stress: o cortisol.

Por outro lado, num estudo realizado na Noruega, pessoas diagnosticadas com depressão, após passarem seis horas por semana a cultivar flores e vegetais apresentaram uma melhoria notória nos sintomas desta doença.

 

  • Escrever e/ou Criar um Diário

Escrever está, muitas vezes, associado a bloqueios criativos e depressão e, é comum, ouvir histórias de autores que são atormentados por crises psicóticas. Contudo, estas histórias não são a norma, bem pelo contrário.

De facto, alguns tipos de escrita têm a capacidade de alterar o nosso humor, pensamentos, perspetivas e, até mesmo, a nossa personalidade.

Segundo vários estudos, escrever sobre traumas ou situações desconfortáveis, a longo prazo, pode trazer benefícios duradouros para quem o faz. Sobretudo, ao nível da redução da depressão, ansiedade, raiva e angústia.

No que toca à escola, estes cientistas concluíram também que, quando os alunos praticam este tipo de escrita, por norma, têm frutos positivos, aumentando as notas nas diversas disciplinas.

A escrita criativa pode fazer diferença para seres uma pessoa menos stressada e mais feliz. E, para além disso, é algo muito simples: só precisas de um diário/caderno e uma caneta, e deixares o teu interior falar mais alto.

 

  • Desenhar e Pintar

Tal como a escrita, a arte de desenhar e/ou pintar pode ser utilizada como uma forma de acalmar o stress, e também não requer muitos materiais.

Num estudo realizado em 2009, descobriu-se que a arte melhorou o humor de reclusos, demonstrando uma alteração significativa na população prisional no humor e autocontrolo.

O ato de desenhar e pintar traz benefícios para o cérebro de quem o pratica: quando desenhas é ativado um neurotransmissor que aumenta a criatividade e reduz as inibições, acabando por originar prazer.

Até mesmo para aqueles que consideram que não têm qualquer talento para as artes, fazer alguns rabiscos numa folha podem estimular a criatividade e ajudar a libertar algum stress.

 

  • Cozinhar

Para muitos jovens estudantes o tempo gasto na cozinha é um verdadeiro pesadelo. Mas sabias que superados estes medos o ato de cozinhar pode ser um grande aliviador de stress e torna-te uma pessoa mais feliz?

Segundo um especialista em saúde e bem-estar, os aspetos criativos da culinária têm o poder de nos deixar mais felizes, visto que estamos a desfrutar de uma experiência sensorial com olfato, paladar, tato e, até, visão.

Para além destes benefícios, cozinhar as refeições a partir do zero geralmente é mais saudável do que comer fora e faz com que poupemos algum dinheiro – duas coisas que, muitas vezes, são um stress para nós jovens.

 

Assim, no momento complicado que vivemos, dedicarmo-nos a um destes hobbies (quase todos podem ser feitos no interior das nossas casas) pode fazer com que aliviemos todo o stress acumulado e nos tornemos pessoas mais felizes.


DEIXA UM COMENTÁRIO